Por Lair Moura - Superintendente da Apraespi

Entre os dias 2 e 5 de maio, participei, como representante da Apraespi, do 26º Congresso de Presidentes, Provedores, Diretores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, em Atibaia.

O tema deste ano foi ‘Interdependência: reduzindo fraquezas, aumentando forças’, que discutiu a necessidade de interação das Santas Casas e hospitais beneficentes com os governos municipais, estaduais e federal e com a comunidade. Potencializar essas relações é fundamental para as entidades.

O congresso foi uma importante oportunidade de compartilhar experiências e adquirir especialização em assuntos importantes para as Santas Casas e hospitais beneficentes.

O evento, que começou na terça-feira, atraiu mais de 600 profissionais que atuam em entidades filantrópicas prestadoras de serviços de saúde. Uma série de debates discutiu os meios de profissionalizar e dar sustentabilidade às unidades beneficentes de saúde.

Destaco a importância em receber profissionais do segmento que nos apresentaram os problemas enfrentados pelas instituições e, além disso, expuseram casos de sucesso com propostas de soluções para as questões do cenário atual.

O encerramento do Congresso também contou com a presença de várias autoridades, entre elas o deputado federal Arnaldo Faria de Sá e o presidente da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), Edson Rogatti.

As instituições filantrópicas são as maiores parceiras do governo no atendimento à população via SUS. O evento mostrou que estão comprometidas e organizadas para levar adiante essa importantíssima missão.


 

Envie sua pauta

Mande sua sugestão de notícia para o email diegosimi@apraespi.org.br ou através do telefone (11)2504-9052

Faça sua parte

Topo