Por Harry Cristian Muñoz - Diretor Técnico e Adjunto

* Artigo publicado para a série especial "Semana de Prevenção às Deficiências"

Deficiência Auditiva

São muitos os fatores que levam à deficiência auditiva ou surdez. Mas existe uma maneira de prevenir este problema auditivo?

Antes de falar sobre prevenção é importante compreender quais os tipos de surdez. Normalmente os especialistas falam em três tipos de deficiência auditiva:

For patients who are purchasing medications online, there are several vital factors that must be considered. Erectile disfunction, defined as the persistent inability to achieve an erection to the point of orgasm, act an estimated 15 to 30 millions men in the United States only. Generally, both men and women suffer from sexual dysfunctions. What about sexual dysfunctions and "levitra price "? You may have heard about "cheapest price for levitra ". More info about Viagra available at "best levitra prices ". Perhaps you already heard some about it. Note that your health care vocational has preassigned Viagra or any other remedy because vocational has judged that the profit to you is biger than the risk of unwanted side effects. However, with highly regarded web-site you get confidence in knowing that your order is being handled by trustworthy doctors and that your information is safe.

Deficiência Auditiva Neurossensorial – É quando ocorre lesão nas células nervosas e sensoriais que levam o estímulo do som da cóclea até o cérebro.

Deficiência por condução – Este tipo de perda acontece quando há algo bloqueando a passagem do som da orelha externa até a orelha interna. Ela pode ocorrer pelo rompimento do tímpano, excesso de cera no conduto auditivo externo, introdução de algum material no canal auditivo.

Prevenção – De uma maneira geral, estas dicas ajudam a prevenir alguns casos de deficiência auditiva.

a)Nunca coloque qualquer objeto, incluindo cotonetes, dentro de seu canal auditivo. Se o fizer, pode acabar forçando a cera para dentro e entupir o canal ou danificar o tímpano.

b) Realizar o Teste da orelhinha no primeiro mês de vida do bebê. Não causa dor e não é um é um exame invasivo. Consiste em colocar uma pequena sonda na orelha do bebê e estimular com um som de baixa intensidade.

c) Não se esqueça de vacinar seu filho contra sarampo e caxumba, os efeitos colaterais podem causar surdez. Nas mulheres em idade de engravidar, consulte seu médico sobre possíveis métodos de imunização a rubéola.

Mas e se a perda auditiva for diagnosticada?

Uma vez constatada a perda auditiva, procure um centro auditivo como o Centro Especializado em Reabilitação, da Apraespi, em Ribeirão Pires. Quanto mais precoce for o tratamento, maiores são as chances de ter um bom resultado.


 

Envie sua pauta

Mande sua sugestão de notícia para o email diegosimi@apraespi.org.br ou através do telefone (11)2504-9052

Faça sua parte

Topo