Referência para o governo e orgulho para a população, conheça a história da Apraespi

Meio século de atuação, seis unidades, 2 mil famílias atendidas com saúde e educação de qualidade. Um enorme e moderno centro que recebe bebês, crianças, idosos, famílias. Que educa ao mesmo tempo em que cuida da saúde. Que orienta ao mesmo tempo em que une a comunidade. Essa é a Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência, a Apraespi, o maior centro de reabilitação do ABC: patrimônio de Ribeirão Pires, referência do governo e orgulho para a população.

Tudo começou em 1967, quando o tradicional casal Valentino e Adélia Redivo, ao procurar uma escola para a filha com deficiência intelectual, percebeu que a cidade não estava servida de uma unidade especializada. Para solucionar o problema, o casal doou o terreno onde funcionava a então Apae de Ribeirão Pires. Se hoje a associação é um dos maiores e mais importantes centros de reabilitação do País, os primeiros dias foram bem mais modestos.

“Nós atendíamos poucas pessoas. Com a ajuda da diretoria e da comunidade, nós fazíamos o melhor com o pouco que se tinha”, relembra o professor Wheeler Sanches, primeiro presidente da Apraespi. As coisas começaram a mudar quando duas jovens irmãs vindas de Jaú desembarcaram na cidade para dar aulas na então Apae, no começo da década de 1970. Lair Moura, hoje superintendente da Apraespi, e Leo Moura, diretora técnica, vislumbraram no centro um enorme potencial de crescimento. Com muito esforço e visão, trabalharam para por em prática um sonho: transformar a Apae em uma unidade de reabilitação completa, que atendesse pessoas com todos os tipos de deficiência e de todas as idades. “Nossa convicção sempre foi de que é impossível reabilitar pessoas com deficiência sem oferecer uma educação especializada, saúde de qualidade e todo um amparo em assistência com a família. Esse é um dos segredos do sucesso”, conta Leo. Com essa linha de atuação, as primeiras conquistas começaram a aparecer.

Educação, Saúde e Assistência - Há menos de três décadas, transpor o muro que separava os jovens com deficiência do mercado de trabalho era uma tarefa praticamente impossível. O enorme preconceito por parte das empresas era reforçado pela ausência de centros de capacitação especializados para esse público. No entanto, no trigésimo dia de abril de 1983, em Ribeirão Pires, foi dado um dos primeiros passos para mudar essa realidade na região. Assim, foi fundado o Centro Ocupacional Profissionalizante. O nome da escola é uma homenagem a esposa do fundador da Apraespi , Valentino Redivo. O centro atende os aprendizes em período integral. Desde sua fundação, há 30 anos, mil jovens com deficiências físicas e intelectuais chegaram ao mercado de trabalho.

Foram inaugurados uma clínica audiológica e um centro especializado em autismo. Mas o maior e mais ambicioso projeto veio na sequência: o Hospital Dia. A unidade dispõe de um centro de medicina física e uma unidade de cuidados diários para pacientes com doenças degenerativas. Conta com uma equipe composta por psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. Com aporte do SUS, o hospital contempla os pacientes das sete cidades da região com órteses, próteses e cadeiras de rodas. Graças à este extenso trabalho, a Apraespi é hoje referência para as três esferas de governo e orgulho da população. “Nesses 50 anos nós sempre tivemos o apoio da população de Ribeirão Pires. Agora não pode ser diferente. Participe de todas as campanhas da Apraespi para que mais 50 anos de muitas conquistas venham pela frente”, finalizou Lair.


Prêmios

  • 2006 - Principal ONG do Grande ABC - (Diário do Grande ABC)
  • 2007 - Destaque do Terceiro Setor - (Revista Livre Mercado)
  • 2011 - Excelência em Gestão Hospitalar - (CPL / Fehosp)

Veja algumas fotos da trajetória da APRAESPI

Reunião da Diretoria
Reunião com o prefeito Valdirio Prisco
Centro Ocupacional e Profissionalizante da Apraespi
Oficinas do Centro Ocupacional e Profissionalizante da Apraespi
Início das obras da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental
Obras finalizadas da sede da Apraespi
Centro de Atendimento ao Autismo
Oficinas do Centro Ocupacional e Profissionalizante da Apraespi
Oficinas do Centro Ocupacional e Profissionalizante da Apraespi

Topo