EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

TREINAMENTO PROFISSIONAL

COLOCAÇÃO NO TRABALHO

For patients who are purchasing medications online, there are several substantial factors that must be elaborate. Erectile disfunction, defined as the persistent inability to achieve an hard-on to the point of orgasm, act an estimated 15 to 30 millions men in the United States only. Generally, both men and women suffer from sexual dysfunctions. What about sexual dysfunctions and "levitra price "? You may have heard about "cheapest price for levitra ". More information about Viagra available at "best levitra prices ". Perhaps you already heard some about it. Note that your health care professional has prescribed Viagra or any other remedy because vocational has judged that the profit to you is biger than the risk of unwanted side effects. However, with highly regarded web-site you get confidence in knowing that your order is being handled by trustworthy doctors and that your info is safe.

Últimas Notícias

Vencendo o preconceito

Há menos de três décadas, transpor o muro que separava os jovens com deficiência do mercado de trabalho era uma tarefa praticamente impossível. O enorme preconceito por parte das empresas era reforçado pela ausência de centros de capacitação especializados para esse público.

Jovens com deficiência ingressam no mercado com apoio da Apraespi

O preconceito em relação aos jovens com deficiência é ainda vigente no mercado de trabalho. O principal receio das empresas é reforçado pela ausência de centros de capacitação especializados para esse público. Para mudar essa realidade na região do Grande ABC, a Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com deficiência (Apraespi) criou seu Centro Ocupacional e Profissionalizante.

Com apoio da Apraespi, jovem supera dificuldades e chega ao mercado de trabalho

“Não tenho palavras para agradecer tudo que essa instituição fez pelo meu filho”. É desta maneira que Rosemar Silva descreve a atuação da Apraespi na vida de seu Vinicius Martim Silva Souza, que foi aluno do Copar (Centro Ocupacional e Profissionalizante “Adélia Redivo”) entre 2008 e 2014.

Topo