Presente na vida das crianças cada vez mais cedo, a tecnologia dos meios digitais ganha abrangência em todas as classes. Portanto, nada mais natural do que usá-la a favor da educação já no início de sua trajetória escolar. Foi com essa ideia que a diretoria da Apraespi implantou na Escola Valentino Redivo as mesas educacionais desenvolvidas pela Positivo, conhecidas como mesas combo, especializadas em tecnologia educacional.

For patients who are purchasing medications online, there are several substantial factors that must be considered. Erectile dysfunction, defined as the persistent inability to achieve an erection to the point of orgasm, act an estimated 15 to 30 millions men in the United States only. Generally, both men and women suffer from sexual dysfunctions. What about sexual dysfunctions and "levitra price "? You may have heard about "cheapest price for levitra ". More information about Viagra available at "best levitra prices ". Perhaps you already heard something about it. Note that your health care professional has prescribed Viagra or any other remedy because professional has judged that the profit to you is biger than the risk of unwanted side effects. However, with highly regarded web-site you get confidence in knowing that your order is being handled by trustworthy doctors and that your information is safe.

O equipamento é voltado a crianças com idades entre 4 e 9 anos, pode ser utilizado simultaneamente por até seis alunos. Trabalha com realidade aumentada e recursos de aprendizagem colaborativa, incentivando assim a socialização. A mesa é composta por módulos eletrônicos e atividades interativas multimídia desenvolvidas para a aprendizagem de conteúdos de diversas áreas do conhecimento, possui mais de 1.800 vocábulos e 1.100 imagens, fábulas, provérbios, cantigas de roda e trava-línguas. No entanto, este universo pode ser expandido por meio da inserção de textos, palavras, imagens, sons e vídeos criados de forma interativa.

"Vimos que esse tipo de equipamento era utilizado nas melhores escolas do País alcançando bons resultados. Por isso, resolvemos implantá-lo na escola com a expectativa de obtermos ótimas respostas também", comenta a superintendente da Apraespi, Lair Moura.

A Apraespi testou a mesa com alunos das turmas de Infantil e na unidades de educação infantil. A mesa foi utilizada em atividades de criação de histórias, em que as crianças sentavam-se em pequenos grupos e podiam, com certa autonomia, interagir com a máquina. Além disso, realizaram desafios de encontrar a letra do nome do colega nos blocos.

A diretora escolar Luiza Nunes acredita que essa tecnologia nunca substitui a atenção do professor, que deve estar frequentemente conduzindo as atividades. “O método com tecnologia precisa ser trabalhado em conjunto com a equipe pedagógica”, diz. Luiza enxerga o potencial da mesa em unir diversas áreas de estudo com o objetivo final da alfabetização.

Os professores perceberam que a ferramenta foi uma maneira de fazer as crianças trabalharem juntas, em colaboração para a apresentação do conteúdo. E a novidade tem um estímulo diferente. “O desafio que a mesa representou foi uma maneira de construir a autoestima”, conta. Além disso, ela aponta que é interessante para o desenvolvimento da identidade da criança, de modo que ela seja a protagonista.

Envie sua pauta

Mande sua sugestão de notícia para o email diegosimi@apraespi.org.br ou através do telefone (11)2504-9052

Faça sua parte

Topo